Laser fracionado: rejuvenescimento e tratamentos de saúde e beleza ideais  para o inverno - Saúde Bem Explicada

Saúde Bem Explicada22 de agosto de 20183min161
Dermato-Denise-Chmabarelli-2-e1534974619507.jpg

O inverno é a melhor época do ano para fazer tratamentos com lasers. E uma nova geração de laser já existe no Brasil para tratar de diversos aspectos de saúde e beleza da pele.

A dermatologista Denise Chambarelli explica que com uma nova plataforma de lasers, inovadora e que agrega recursos  diversos em um mesmo aparelho, é possível atender a várias necessidades de pacientes. “Já dispomos de laser de última geração para tratar desde cicatrizes de acnes até flacidez, utilizando uma mesma plataforma. O que muda é a ponteira”, explica a dermatologista, acrescentando que com isso a paciente tem um tratamento muito mais preciso, com resultados mais eficientes.

A médica ressalta que a plataforma oferece tratamentos com lasers fracionados ablativos e não ablativos, aumentando o número de procedimentos realizados em consultório. “Temos a possibilidade de uso de diversos espectros de luzes, como a Luz Intensa Pulsada”, afirma Dra Denise.

Dicas e orientações da dermatologista para tratamentos com novos lasers:

– Acne – “o laser atua com suavidade nas irregularidades cutâneas e poros dilatados, melhorando a textura e a aparência da região. O aparelho é contraindicado para ser usado em peles morenas a negras, pois podem manchar”, destaca Dra Denise.

– Luz pulsada – tecnologia que emite luz com diferentes comprimentos de ondas, que atingem vários tipos de alvos, como a melanina (dos pelos, sardas e manchas escuras), os vasos sanguíneos (microvasinhos da face, pescoço e colo) e o colágeno. A luz emitida na pele gera calor, atinge a cor vermelha dos vasinhos e a cor escura da melanina dos pelos e manchas, eliminando-os posteriormente, bem como estimula e remodela o colágeno , mantendo a superfície da pele intacta.

– Dispomos de dois tipos de Lasers Fracionados. “Ambos promovem uma fototermolise fracionada, ou seja, geram múltiplos pontos (colunas) extremamente aquecidos na pele, cercados por ilhas de pele intacta (não tratada). Desse modo, a cicatrização ocorre de forma mais rápida e segura”, explica Dra Denise.

A tecnologia fracionada acelera a recuperação da pele, minimiza o risco de efeitos  adversos e aumenta a eficácia sobre métodos tradicionais. “Os procedimentos são totalmente seguros e oferecem resultados imediatos, visíveis já nas primeiras sessões do tratamento”, explica a dermatologista.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – Simone Barros