teste-manu.jpg

Saúde Bem Explicada12 de junho de 20182min211

O aumento da expectativa de vida da população e a conscientização  que somos responsáveis pela manutenção da saúde  têm tornado os alimentos funcionais cada vez mais populares.

O livro Nutrição Funcional, de Manuela Dolinski, chega a sua segunda  edição.  O trabalho apresenta uma introdução sobre alimentos funcionais e sua composição, discute diversos estudos sobre alimentos funcionais e patologias específicas, versa sobre legislação brasileira para alimentos funcionais, alimentação saudável, e termina com receitas  testadas em laboratório.  Os capítulos abordam desde os principais conceitos e bases da ciência da nutrição até a ação dos alimentos funcionais e seus compostos bioativos, na prevenção ou como coadjuvante no tratamento de diversas doenças crônicas.

Segundo a autora, a nutrição funcional é baseada nos alimentos funcionais, ou seja, alimentos que além dos nutrientes possuem compostos bioativos, substâncias fundamentais na prevenção de doenças crônicas, como obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e câncer.  Estre os exemplos estão:  vinho tinto, cujo composto bioativo principal é o resveratrol, que reduz o risco de doenças cardiovasculares e câncer. Outros exemplos de alimentos e seus compostos bioativos: chá verde (catequinas), alho (aliina), café (ácido clorogênico), tomate (licopeno), iogurtes e fermentados lácteos (probióticos).

No livro nutricionistas, estudantes de nutrição, profissionais  de saúde e demais interessados no tema poderão desfrutar de conteúdo total, apresentado criticamente e ainda conhecer receitas práticas com alimentos funcionais e seus compostos.

Manuela Dolinski é doutora pela Universidade Federal de São Paulo e Mestre em Nutrição Humana pela UFRJ.


Livro-Cenas-–-um-diálogo-com-a-vida.png

Saúde Bem Explicada27 de setembro de 20174min92

Cenas, um diálogo com a vida, mais do que um livro convencional, propõe uma experiência de humanidade auxiliada pela Medicina Narrativa. Lá estão narrados registros de memórias dos momentos cotidianos de uma médica paliativista em seu convívio diário, durante 15 anos, com doentes em luta contra o câncer.