17 de Novembro - Dia Mundial do Combate ao Câncer da Próstata - Saúde Bem Explicada

Saúde Bem Explicada14 de novembro de 20172min358
images-1.jpg

 

O papel de provedor familiar pode ser um dos responsáveis pelo desinteresse de grande parte dos homens no cuidado com a saúde. O câncer de próstata é a segunda maior causa de morte masculina. O Inca ( Instituto Nacional do Câncer) registrou 61.200 novos casos da doença em 2016.

De acordo com o oncologista clínico Fábio Afonso Peixoto, a dosagem rotineira do PSA ( Antígeno Prostático Específico) pelo sangue e o toque retal anual a partir dos 45 anos é fundamental para evitar a doença. “O toque retal é o meio que temos de saber a forma, o tamanho e se existe alguma alteração na próstata. O exame dura menos de 15 segundos. Está na hora de perder o preconceito. O diagnóstico precoce cura 90% dos pacientes”

Peixoto afirmou durante o Segundo Med Talks, ciclo mensal de palestras gratuitas e abertas ao público, com 10 minutos cada uma, proferidas por médicos que são referência em suas especialidades, que os homens vivem seis ou sete anos menos do que as mulheres. Ele explicou que é preciso tratar o indivíduo, identificar o que está fora do padrão e mudar isso para evitar contrair uma doença responsável por 15% da morte dos homens”.

A maioria dos pacientes com a doença são assintomáticos  e os que apresentam alguns sintomas normalmente estão relacionados com a atividade sexual. “Acho necessário sempre o acompanhamento de um clínico e não só o médico especialista. As pessoas precisam pensar em prevenção, e não somente em tratar a doença”, finaliza.